Luz

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Di Art Blogger

O psicólogo aconselhou-me um Blog e perdeu uma paciente.

Di Art Blogger

O psicólogo aconselhou-me um Blog e perdeu uma paciente.

“Rais Parta” o trabalho – e a nossa relação

 

 A minha relação com o meu trabalho é desequilibrada. Ele gosta muito mais de mim do que eu dele.

 

Tanta gente que se farta a trabalhar, e que até gosta do que faz, que vive para o trabalho, e até há os workaholics, e os que fazem tudo e de tudo para serem promovidos, e não arranjam trabalhinho.  

E eu, que venho trabalhar com o sentimento de “bora lá despachar isto”! Bora, bora despachar isto. Com vontades como; já dá para ir tomar um café? Hora de almoço? São 17h?, Oh yeah (dança da vitória), são 17h.

Porque o que eu gosto mesmo é de viajar, passear, ir ter com os amigos à esplanada, ao cinema, ver um filme no sofá, ir ao ginásio, ler um livro, cozinhar, beber um copo de vinho e conversar, até ver telenovela sei lá.

Mas não, não me consigo livrar do trabalho, aparece sempre alguém a querer-me, é só mais isto, é só mais aquilo. Gente. Deixem-me que eu não gosto disto!

 

Assim até me sinto mal, sinto que estou nesta relação só por interesse, sou eu a tentar livrar-me do trabalho e é ele sempre atrás de mim. Todo simpático. A querer prolongar um pouco mais o momento.

 

E de manhã? Quando chego e só me dá vontade de gritar AAAAAAIIIIIIIIIIIIIIIIII! Mas não posso, então altero as letras e em vez disso grito um bom DIIIIIIIIIIAAAAAAAA! Assim, para desanuviar.  

E eles: lá vens tu trabalhar sempre tão bem-disposta e simpática.

 

E agora!

Quem é que se lembrou de me promover? Mais trabalho para despachar? Não haveria aí ninguém que quisesse ser promovida? Tinha de ser logo eu!

Mais uma vez, comparando isto a uma relação, é tipo como se tivesse sido pedida em casamento, e agora tenho de aceitar, que fazer. Interesseira é o que eu sou!

 

O meu trabalho é daquele tipo: “quanto mais me bates mais eu gosto de ti”! Só pode!

 

@didoit 

19 comentários

Comentar post